top of page

A aventura começa aqui, no RPG de mesa!



 

O RPG de mesa é um jogo de imaginação. Nele jogamos com papel, caneta, dados e a criatividade, interpretando a figura de um personagem, com emoções, falas e ações. Durante o jogo, os personagens atravessam mundos fantásticos, encarando desafios, derrotando monstros e até mesmo salvando o dia. Para isso, é necessário a presença de um “mestre do jogo", uma pessoa que irá narrar a história e todos os acontecimentos, definindo o resultado das escolhas tomadas por cada um dos jogadores e criando novos desafios enquanto a narrativa se desenrola. O “mestre do jogo” também irá agir como um juiz durante a partida, viabilizando as escolhas dos personagens e as regras permitidas pelo sistema, no caso da presença de um.


Para conhecer um pouco melhor o RPG, vamos voltar um pouco no tempo.


Em 1971, seus criadores, Gary Gygax e Dave Arneson criaram o que hoje conhecemos como RPG, ou "Role Playing Game" (jogo de interpretação de personagens). A ideia era que cada jogador interpretasse um personagem, diferente dos comuns “war games”, ou jogos de guerra, onde se controlam tropas e veículos (muito populares nos EUA).

Assim surgiu o "The Fantasy Game", que em 1974 foi rebatizado para "Dungeons & Dragons (D&D), mantendo-se vivo até hoje, além de ser um dos mais famosos RPGs de mesa da atualidade.


Então vamos lá, pegue papel, caneta, dados, reúna um grupo de amigos e vamos começar a aventura.


Em um RPG, cada jogador possui uma ficha, que é preenchida antes do jogo começar. Ela será como um “guia” para anotar o nome do seu personagem, a sua história, habilidades, poderes, perícias e tudo mais que desejar (as fichas variam de acordo com o sistema adotado, no caso de haver um).


Com tudo pronto, o “mestre” dará início a história e é aí que a imaginação deve rolar solta! Cada jogador, então, interpreta seu personagem, com falas, emoções e ações. Quando se fizer necessário, o “mestre” criará disputas ou checagens de habilidades com os jogadores para decidir o curso da história e saber se aquilo que os personagens fizeram foi bem sucedido ou não.


O RPG não é um jogo que se ganha ou perde, ele é um jogo cooperativo entre todos os jogadores, incluindo o mestre do jogo. O objetivo dele é sempre o mesmo: se divertir, criando histórias fantásticas, envolventes e dando boas risadas.


Agora que você já sabe o que é RPG e como ele surgiu, podemos nos aprofundar nesse mundo fantástico e em seguida conversar sobre o que são os Sistemas de RPG e quais os principais.


Até a próxima!


99 visualizações2 comentários

2 Comments


Ricky, O Bardo
Ricky, O Bardo
Oct 06, 2021

Fantástico! Muito bem elaborado! Rolem suas iniciativas jogadores! O Combate vai começar!


Like

Mister Dovah
Mister Dovah
Oct 04, 2021

Muito bom, Beck.

Like
bottom of page